Low poo e no poo (continuação)

Dando continuidade ao nosso papo sobre No/low poo ( o início do papo esta nesse post aqui ) , vou especificar cada uma das técnicas, você vai ver como é simples!

Low poo

“Pouco shampoo”- A técnica consiste em usar shampoos sem sulfatos fortes, estes possuem alta ação limpante, o que retira a hidratação natural dos cabelos. Os shampoos sem sulfatos limpam sem agredir tanto os fios, cumprem a função de higienizar muito bem, mas não são capazes de remover petrolatos, parafinas, ftalatos, estes tendo que ser abolidos do uso, ou podem ir se acumulando nos fios.

No poo

“Nenhum shampoo”- a técnica consiste em usar condicionadores com agentes limpantes para higienização dos fios e couro cabeludo. Esse método de lavagem é conhecido como “co-wash”e tem toda uma maneira correta de fazer, já falarei! O no poo além de não remover as substâncias “proibidas” para o low poo, também não remove óleos minerais, silicones insolúveis em água, a não ser que o condicionador tenha anfótero (o mais conhecido é o Cocamidopropyl betaine,agente limpante) na composição.

Co-wash 

Método em que se lava os cabelos com condicionador. Você deve aplicar o condicionador indicado para co-wash como usaria um shampoo, massageando o couro cabeludo e depois enluvando os fios, como na lavagem convencional. Enxágue todo o produto e depois prossiga com o tratamento hidratante e/ou condicionador. Ué, se lavei com condicionador devo condicionar? Sim! E de preferência com algum outro condicionador, diferente do que usou para limpar!

As técnicas podem ser seguidas intercalando o low poo com o no poo, fazendo lavagens com shampoos sem sulfatos intercalando com co-wash, lembrando que o ideal é fazer co-wash quando não se tenha usado silicones insolúveis na última lavagem por exemplo.

Existe muito conteúdo na internet sobre essa rotina de cuidados, grupos no facebook, aplicativos, vale a pena se aprofundar mais nas pesquisas e começar a seguir, meu cabelo está cada dia mais saudável. Eu sigo o low poo e estou adorando os resultados!

Vou deixar aqui umas tabelinhas de substâncias liberadas e proibidas para as técnicas. 

      

  

 

Para iniciar a técnica você deve lavar uma última vez os cabelos com shampoo com sulfatos fortes,  quando for hidratar e condicionar já utilizar produtos liberados. Também devem ser lavados com shampoo com sulfatos fortes todos os acessórios que usa em seus cabelos como pentes, escovas, prendedores.

A descrição da técnica é bem grande mas é muito simples seguir no dia a dia, no mercado hoje também já se encontram produtos com a indicação liberados para as técnicas de low poo ou no poo, o que facilita bastante a busca dos produtos corretos. 

Por hoje é isso, espero que gostem, bjuus!

Anúncios

Introdução às técnicas de Low poo e No poo

Oi!!

Vamos bater um papo sobre cabelos? Eu adoro pesquisar tudo sobre cuidados com os cabelos, adoro testar cremes diferentes e numa dessas minhas pesquisas para melhorar a saúde dos meus fios descobri um método diferenciado, o low poo e no poo. Mas o que é isso??? Vou tentar resumir… 

 Low poo e no poo é uma rotina de cuidados com os cabelos visando o uso de substâncias menos agressivas aos fios. A técnica é ideal para cabelos cacheados e crespos, já que estes tipos de cabelos tem maior tendência a perder hidratação naturalmente devido a forma espiralada dos fios. Mas os fios lisos também são muito beneficiados! A técnica já era utilizada mas ficou conhecida através de Lorraine Massey, fundadora da marca estrangeira Deva Curl. Ela percebeu a necessidade dos cuidados diferenciados para os cabelos crespos e cacheados e criou o chamado “método da garota cacheada”e posteriormente o publicou no livro Curl Girl ( hoje já traduzido para o português com o título Manual da Garota Cacheada).

Low poo quer dizer pouco shampoo e no poo nenhum shampoo, nada mais é do que limpar os cabelos substituindo o uso de sulfatos fortes por sulfatos fracos, anfóteros ou outros agentes condicionantes limpantes. Dessa forma o cabelo é higienizado de forma menos agressiva, mantendo a hidratação natural. Para aderir à rotina low/no poo você deve abolir algumas substâncias que só os sulfatos fortes limpam como por exemplo óleo mineral e petrolatos. Essas substâncias mascaram a real qualidade dos fios e o resultado são cabelos sem vida, opacos e secos. Seguir a rotina low/no poo é simples, você deve ficar atento aos componentes dos produtos, no início pode parecer complicado mas os resultados são tão satisfatórios que a adaptação é rápida. 

 Hoje vou ficar por aqui, nessa breve introdução do que é esta rotina de cuidados, num próximo post vou detalhar cada uma das técnicas. 

 Espero que gostem, bjuss!